24.8.06






A análise bem humorada foi feita pelo blog Terminally Incoherent. Vi no Digg.Internet Explorer"Você geralmente tem medo de computadores. Você usa sua máquina apenas para mensagens instantâneas, chat, email e myspace. Seus amigos falam sobre um tal de 'Fried Fox' [!], mas você não entende o que é e não tem tempo de dar uma olhada"Firefox"Você realmente não liga se o Firefox é mais rápido ou seguro que o IE. Você está feliz apenas porque tem um navegador gratuito e de código aberto que possui uma grande comunidade que fornece suporte. A qualquer momento você pode instalar as extensões indispensáveis para você".Opera"Você não está nem aí para o hype em torno do Firefox. O que você quer é o melhor navegador. A guerra dos navegadores não interessa a você, embora você queira que o Firefox ganhe a disputa e que, cada vez menos, webdesigners façam sites compatíveis somente com o IE".

PREÇO BOM










2 controles
R$ 700,00

Entregue com frete pago

pedidos no email centrooeste@vsp.com.br

Essa é boa






O FreeTube dá acesso gratuito a vários canais de TV na web.



De forma meio discreta, foi lançado mais um brinquedinho nessa onda 2.0. É o Thisnext, um site onde você pode recomendar, compartilhar e descobrir novos produtos de acordo com a indicação de outros usuários.Você entra no site, escolhe os produtos que mais gostou recomendados por outros usuários e monta a sua lista de favoritos. Algumas listas estão relacionadas apenas a produtos ligados a certas atividades e esportes.O termo "shopcast" se refere ao fato de você poder publicar em seu blog essa lista de seus produtos favoritos.O site, por enquanto, tem o caráter de troca de informação, mas quando as empresas descobrirem, pode cair no oba-oba de surgirem falsas listas de produtos. É possível.

Desse jeito nunca chegarão a um acordo!














Mais uma vez, na disputa entre Google e Ministério Público de SP ficou evidente que a Google quer seguir as leis americanas e o MP, as brasileiras.O MP quer os IP's [espécie de RG do usuário] dos membros das comunidades acusados de pedofilia e outros crimes. A Google se nega fornecer esses dados.O detalhe é que essas informações sobre os IP's estão nos EUA, mais precisamente na Califórnia, local onde as leis e a cultura local protegem, de forma efetiva, o anonimato e a livre expressão na web.Por isso, o IP do usuário é um dado que dificilmente será divulgado. Vale lembrar que, ao contrário da Yahoo!, nem com pressão do governo chinês, a Google revelou dados de seus usuários. Preferiu censurar os resultados de suas buscas.O que o MP deveria fazer é se espelhar na rede social MySpace, que se tornou um lugar mais seguro depois que restringiu o acesso de menores e convocou diversos especialistas para monitorarem o site.




O MP deveria assim forçar a Google a adotar as mesmas medidas no Orkut - uma "boa limpa", métodos mais rígidos para criação de comunidades e a contratação de "olheiros". Ou seja, moderação decente, coisa que o Orkut nunca teve.Um dos motivos para a Google não aceitar os pedidos do MP é justamente esse ponto de entrega dos IP's dos usuários. Não teria problema algum em aumentar a moderação. Entregar dados de usuários é mais difícil.Agora, cá entre nós, esse papo de fechamento de escritório já é muito barulho.Aliás, não vejo nada de bom no fechamento. Os crimes no Orkut continuariam do mesmo jeito já que os bancos de dados com informações dos usuários estão nos EUA. Não tem nenhum servidor aqui, no Brasil. Apenas o acesso é feito daqui.




Grana facil







A revista Business 2.0 traz uma longa matéria sobre blogueiros que conseguiram transformar seus blogs em negócios de sucesso, tanto financeiro como editorial.Parece sacrilégio falar disso no Brasil, mas lá fora já existem blogueiros ganhando dinheiro com seus blogs. A conclusão de especialistas é que já são uma mídia consolidada e com um modelo de negócios.É citado o exemplo de Mike Arrington, do TechCrunch, que chega a lucrar US$ 60 mil por mês e tem uma média de 1.5 milhão de visitantes por dia.E também o caso do blog PaidContent, que recebeu recentemente investimentos de empresas de capital de risco, consideradas "mecenas" de blogs.Aliás, esses mecenas de blogs são destaque na matéria. Muitos são bancos e empresários do Vale do Silício que querem ver a roda girar.Estava pensando aqui - Que tal empresas/empresários adotarem o mesmo modelo no Brasil? Ser mecenas de um blog? Que nada, vamos esperar o modelo chegar consolidado no Brasil, esperar alguém adotar aqui primeiro. Aí depois a gente vê o que faz. Tudo sem correr nenhum risco, é claro. Capitalismo assim é fácil, né?!




A Sony anunciou a compra do Grouper, site de vídeos online com conteúdo, em sua maioria, gerado pelos próprios usuários.O site oferece uma rede P2P e um software de edição de vídeo, que, com a aquisição da Sony, pode ser usado para a edição de conteúdo registrado da empresa de entretenimento.

celular no ar

A Wired, repercutindo nota da Reuters, dá uma boa notícia. Será possível, a partir do ano que vem, usar o celular dentro de aviões, sem restrições. Cada empresa terá que definir diferentes protocolos para os celulares. E o interessante é que, durante o vôo, os celulares poderão ser desativados, sendo possível apenas a comunicação via SMS.

LIvro gratis






Entrou no ar hoje a versão em português do Google Book Search, o polêmico sistema de busca e digitalização de livros.A polêmica vem do fato do projeto querer digitalizar obras de diversas editoras, em sua maioria, protegidas por direitos autorais.Alguns livros estão completos. Outros, apenas trechos.

Dias